A atuação dos voluntários do programa ProHuerta em Río Cuarto (Córdoba, Argentina) na formação de hortas e difusão dos conceitos de agricultura orgânica e agroecologia

Marcos Aurelio Campos de Queiroz, Cezar Augusto Miranda Guedes, enato Linhares de Assis

Resumen


O ProHuerta é uma política pública argentina que visa melhorar a segurança e a soberania alimentar dos setores vulneráveis da população e a difusão deste programa conta com a participação de  promotores voluntários que estimulam a participação dos cidadãos visando a formação de hortas familiares e comunitárias para obtenção de alimentos livres de agrotóxicos ou defensivos químicos. Neste trabalho, o objetivo consiste em analisar a atuação dos promotores em Río Cuarto (Córdoba, Argentina), discutindo seu papel na transmissão do conhecimento em agricultura orgânica e para o estímulo da participação da sociedade civil. A metodologia utilizada foi a realização de entrevistas em profundidade e a observação não participante. O trabalho executado pelo ProHuerta no Departamento de Río Cuarto, constitui-se em um instrumento de transmissão de conhecimentos e tecnologias em “agricultura orgânica” e “agroecologia” para a sociedade civil local como alternativa de produção de alimentos de boa qualidade e com baixo custo pela autoprodução dos horticultores.aGRONOMIA (aGROECOLOGIA)


Palabras clave


Horticultura orgânica. Transferência de conhecimento. Soberania alimentar. Política Pública. Gestão Social.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


AQUINO, A. M.; ASSIS, R. L. 2007. Agricultura orgânica em áreas urbanas e periurbanas com base agroecológica. Ambiente & Sociedade, Campinas, v. 10, n. 1, p. 137-150, jan./jun.

ARCOS, E. S. et. al. Determinación de la vida útil um producto de cuarta grama: ensalada de vegetales envasada en atmosfera modificada. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2013.

ASSIS, R. L. de; ROMEIRO, A. R. 2002. Agroecologia e Agricultura Orgânica: controvérsias e tendências. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, v. 6, p. 67-80. Disponível em: . Acesso em: 05 jan 2014.

DE NICOLA, M.; QÜESTA, T. M. 2011. La producción orgánica certificada em Argentina em el marco de las convenciones cívicas. Rev. de Economia Agrícola, São Paulo, v. 58, n. 1, p. 113-126, jan./jun.

FERRER, G.; SAAL, G. A.; BARRIENTOS, M. A.; VARELA, F. C. Caracterización de los promotores de seguridad alimentaria en Cordoba. Disponível em . Acesso em: 05 ago. 2013.

GUEDES, C. A. M. e SILVA, R. 2014. Agri-food geographical indications, policies, and social management: Argentina, Brazil, and the Spanish experience in the European context. Análise Social. Volume XLIXX, Série 211. Abril / Junho. Lisboa: Universidade de Lisboa, Instituto de Ciências Sociais. Disponível em:

http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/AS_211_d03.pdf

IFOAM. The Principles of organic agriculture. Disponível em: Acesso em: 04 fev. 2011.

INTA. Prohuerta. Informações Institucionais. Disponível em http://inta.gob.ar/agricultura-familiar/documentos/prohuerta. Acesso em: 15 abr. 2013.

_____. Plan Operativo Anual 2011. Disponível em: < http://inta.gob.ar/documentos/plan-operativo-anual-pro-huerta-2011/at_multi_download/file/POA%202011.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2014.

_____. Plan Operativo Anual 2012. Disponível em . Acesso em: 15 abr. 2013.

_____. Quiénes somos. Disponível em Acesso em: 30/06/2013.

KRONENBERGER, T, S; GUEDES, C. A. M. 2014. Desenvolvimento territorial rural com gestão social: Um estudo exploratório entre Brasil e Argentina. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 16, n. 2, p. 233-246. Disponível em:

http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/824.

MEDEIROS, J. A.; MEDEIROS, L. A. 2010. O que é tecnologia? São Paulo: Brasiliense.

MINISTERIO DE PRODUCCIÓN Y DESARROLLO ECONÓMICO. Desarrollo competitivo del sector semillero de la Provincia de San Juan. Disponível em . Acesso em: 07 jan. 2014.

ONU-BR. Voluntariado. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2013.

PIMENTEL, M. P. C; PIMENTEL, T. D. 2010. Gestão Social: Perspectivas, Princípios e (De)Limitações. VI Encontro de Estudos Organizacionais da ANPAD. Disponível em Acesso em: 14 fev. 2015.

REIS, J. 2009. Ensaios de economia impura. Coimbra: Edições Almedina.

RICHARDSON, R. J. 1999.Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas.

TENÓRIO, F. G. (Ed). 2007. Cidadania e desenvolvimento local. Rio de Janeiro: FGV/ Unijuí.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.